Verona em um dia: as 10 melhores atrações

Não sempre presente na programação básica dos destinos turísticos na Itália, Verona é uma cidade para incluir no roteiro de quem quiser se maravilhar com história, cultura, arte e gastronomia. A apenas uma hora e vinte minutos de trem de Milão ou a uma hora de Veneza, a cidade reserva boas surpresas. Mas o que fazer em Verona em um dia? Separei as 10 melhores atrações da cidade

1- Arena de Verona

Verona em um dia as 10 melhores atrações

A primeira delas certamente é a sua famosa Arena, na Piazza Bra. O monumental anfiteatro romano abrigou e ainda hoje abriga as mais fascinantes óperas de todos os tempos. Foi ali que, em 1947, Maria Callas debutou na Itália e nasceu como artista no país. A Arena foi construída provavelmente no século I d.C, no período romano e hoje é considerado o anfiteatro mais bem conservado do mundo.  Sua forma oval privilegia a acústica do espaço, onde acontecem também shows e espetáculos de cantores e grupos contemporâneos. Do anel superior da Arena restou só um pequeno pedaço, já que a estrutura sofreu graves danos durante uma enchente do rio Adige e três terremotos entre os anos de 1116 e 1183.

2 – Castelvecchio

Verona em um dia as 10 melhores atrações (2)

Bem próximo da Arena, está o Castelvecchio, erguido no século XIV pela célebre família Scala. A estrutura visava proteger a família dos inimigos e de qualquer tipo de revolta dos cidadãos veroneses. Hoje o castelo abriga um museu com obras de artistas, em sua maioria veroneses, entre o período medieval e século XVIII.

3 – Ponte Scaligero

Verona em um dia as 10 melhores atrações (3)

Atrás da entrada do castelo, está a Ponte Scaligero, uma estrutura belíssima construída para uso exclusivo da família. É sem dúvida, um dos pontos mais românticos da cidade. As pontes que atravessam o Rio Adige foram destruídas pelos alemães durante os bombardeios da II Guerra Mundial e tiveram e ser reconstruídas, inclusive a Ponte Scaligero.

4 – Igreja de San Zeno

Verona em um dia as 10 melhores atrações (4)

Da outra parte do Adige, fica uma das igrejas em estilo românico mais bonitas de toda Itália, a Igreja de San Zeno. Vale a pena caminhar alguns quilômetros a mais e visitar esta maravilhosa construção, que fica fora do circuito turístico do centro. San Zeno é o padroeiro de Verona e sua igreja foi construída a partir do século XIII, com elementos românicos e góticos. O teto da igreja é a forma de um barco ao contrário e seja o pavimento que outros elementos realizados com o famoso mármore vermelho de Verona. No altar, a impressionante obra de Andrea Mantegna, uma das primeiras obras do artista padovano. A cripta do século X conserva o corpo de San Zeno. Se você se interessa por arte, reserve um tempo para visitar San Zeno, porque a igreja é considerada uma das maiores obras-primas do período românico.

5 – Via Mazzini e Piazza delle Erbe

Verona em um dia as 10 melhores atrações

O fascínio de Verona se mostra também nas suas ruas, sempre fervilhantes de veroneses, que passeiam pela rua principal da cidade, Via Mazzini, com suas inúmeras lojas, bares e cafés. O ótimo comércio de Verona e seu movimento atraem também muitos artistas de rua, que enchem as praças de vida. No final da Via Mazzini, está a Piazza delle Erbe, a praça mais antiga de Verona, que em período romano era o centro político e econômico da cidade. Hoje, a praça abriga um mercado de frutas, verduras, souvenirs e muitos bares para quem quer se sentar para um aperitivo, café e ver a vida passar.

6 – Igreja de Santa Anastasia

Verona em um dia as 10 melhores atrações (5)

Construída a partir de 1290, é um esplêndido exemplo do gótico italiano e é a maior igreja de Verona. As 12 colunas que sustentam as naves da igreja são feitas com o famoso mármore vermelho. Santa Anastasia possui cinco capelas todas repletas de obras de arte. Uma das mais interessantes é o famoso afresco São Jorge e a Princesa, de Pisanello. As duas pias de água benta, localizadas na entrada da igreja são esculturas impressionantes. A da esquerda representa um corcunda, que os mais supersticiosos tocam em busca de sorte.

7 – Duomo de Verona

Foto Internet
Esta foto é da Internet

O Duomo de Verona fica bem próximo a Santa Anastasia. Sua contrução começou em 1120, mas a estrutura sofreu várias alterações durante os séculos posteriores. As arcadas góticas são sustentadas pelas pilastras em mármore vermelho e a igreja também é repleta de afrescos de artistas importantes, com destaque para a Assunção da Virgem, de Tiziano.

8 – Ponte Pietra e Teatro Romano

Verona em um dia as 10 melhores atrações (7)

A região de Ponte Pietra é uma das mais bonitas e características da cidade. Lojinhas, restaurantes, bares e antigos estabelecimentos frequentados pelos locais dão o tom do lugar. A Ponte Pietra atravessa o Rio Adige até o Teatro Romano, um teatro aberto construído no século I a.C. É interessante passear pelas ruínas romanas e admirar a cidade do seu mirante. Durante o verão, no teatro acontecem encontros e espetáculos.

9 – Casa de Julieta

????????????????????????????????????

Uma das principais atrações turísticas da cidade é a Casa de Julieta. Aqui, a fantasia se mistura à realidade na história de Shakespeare, e os dois personagens veroneses que deram vida à história de amor mais popular de todos os tempos são realmente cultuados e celebrados pela massa de turista que a cada dia visita a construção em estilo medieval. É possível visitar o balcão de Julieta e também a casa, um espaço interessante para quem tem curiosidade de saber como era uma casa no período medieval.

10 – Torre dei Lamberti

Verona em um dia as 10 melhores atrações (6)

Depois de caminhar por Verona descobrindo seus monumentos e igrejas, é hora de ver a cidade do alto. Bem atrás da Piazza delle Erbe está o Palazzo della Ragione e a Torre dei Lamberti. Um panorama de tirar o fôlego, de onde se pode admirar Verona e seus monumentos e finalizar o passeio em grande estilo.

Passagens de trem – pesquise aqui as melhores ofertas

Ingresso para os monumentos e Verona Card

O Verona Card é um passe que te dá direito a entrar na maioria dos monumentos da cidade e utilizar os meios de trasporte público. Para quem chega na estação central de trens, é o modo ideal de começar o passeio, já que você pode pegar as linhas de ônibus 11, 12 ou 13 e descer na Piazza Bra. O passe que dura 24 horas custa 18 euros e o que vale por 48 horas, custa 22 euros. É possível comprar  nos próprios museus, pontos de informação turística (IAT) ou bancas de revistas (Tabacchi). No meu caso, comprei no tabacchi da estação de trem. E realmente valeu a pena.

Onde comer

Aconselho a ótima Osteria Giulietta e Romeo, que fica a poucos passos da Piazza delle Erbe e faz pratos típicos da cozinha veronese. O menú completo (antipasto, primo, secondo) custa 17 euros por pessoa. Acredite, uma barganha para um bom restaurante de centro histórico. Mas se você quiser, pode escolher somente um prato. Geralmente um prato, água e vinho sai por 15 euros por pessoa. Fica no Corso Sant’Anastasia, 27.

Verona bate e volta

Verona quase na metade do caminho entre Milão e Veneza. É muito fácil pegar o trem e fazer um bate-volta saindo de Veneza, de Padova ou de Milão. Confira abaixo a duração das viagens de trem entre uma cidade e outra(tudo depende do tipo de trem que você vai pegar, eu calculei com os trens mais velozes).

De Veneza a Verona = 1 hora

De Padova a Verona = 42 minutos

De Milão a Verona = 1h e 23 minutos

Para mais informações sobre como andar de trem na Itália, clique aqui.

Onde dormir

Se a sua intenção é passar mais de um dia na cidade, eu indico o Hotel Mastino, um três estrelas bem próximo à Piazza Bra, de fácil acesso a todas as atrações da cidade. Para informações e reservas, clique aqui.

 

Leia sobre outras cidades e atrações próximas a Verona

Santuário da Madonna della Corona, em Verona

Sirmione e o Lago de Garda

Um passeio por Soave, no Vêneto

Valeggio sul Mincio

Procurando hotel em Veneza? Clique aqui

 

 

21 comments
Previous Post
Next Post