Veneza, roteiro de um dia

Ver Veneza em um dia é impossível. Mas o que fazer se é somente este o tempo que você tem para visitar a cidade? Tem jeito? Certamente você não vai curtir tudo o que ela tem para oferecer. Na verdade, não bastaria uma semana, nem um mês, pois Veneza tem muita história e muitos cantinhos para explorar. Para visitar Veneza em um dia é necessário planejamento e eu montei um pequeno roteiro pra você não perder o que tem de essencial.

1 – Santa Maria dei Frari

Possivelmente você irá chegar a Veneza pela a estação Santa Lucia, portanto é de lá que começa o roteiro. Atravesse a Ponte degli Scalzi e comece a explorar as calles estreitas e os canais. A primeira parada, não muito longe da estação é a Igreja Santa Maria dei Frari. É uma das igrejas mais lindas de Veneza e conserva em seu interior obras de arte e mausoléus de doges, artistas e personalidades. Depois de São Marcos, a igreja é o templo religioso mais importante de Veneza e o bilhete de entrada é somente uma contribuição de 3 euros para a manutenção do espaço.

2 – Scuola Grande di San Rocco

Bem pertinho da Frari está a Scuola Grande San Rocco, a Capela Sistina de Veneza. A decoração das salas que compõem o espaço foram feitas por Tintoretto. O trabalho durou 23 anos e traduz os ciclos da história bíblica. É realmente impressionante e vale muito a pena visitar. Conte que você vai ficar lá por mais ou menos 1 hora.
 
Salone superiore, Scuola grande di San Rocco, Venezia
Foto internet

3 – Mercado de Rialto

De lá, siga até o Mercado de Rialtoum dos lugares tradicionais da cidade, onde muitos venezianos fazem suas compras. O mercado divide-se em mercado do peixe e mercado de frutas e verduras. É mesmo imperdível. Ali dá pra ver a histórica vocação do veneziano para os negócios. As redondezas do mercado é ótima para experimentar um cicheto, o famoso tira-gosto veneziano, acompanhado de um cálice de vinho. No Campo Erberia existem ótimas osterias. Recomendo o Al Mercà.
Rialto Veneza

4- Ponte de Rialto e Praça São Marcos

Siga até a famosa Ponte de Rialto e atravesse em direção San Marco. A praça São Marcos é o principal cartão postal de Veneza. Impossível não ficar emocionado com a arquitetura da basílica e construções adjacentes e com a visão da Riva degli Schiavoni. Uma visita à basílica é obrigatória. Mesmo que você não tenha tempo para visitar o museu e o tesoro, entre na igreja para admirar os incríveis mosaicos e visite a Pala d’Oro, obra prima da arte ourives veneto-bizantina. O ingresso custa 2 euros.

Ponte de Rialto, cartão postal da cidade, a 5 minutos a pé de onde fica o apartamento

Um café na Piazza San Marco pode ser um dos mais caros que você vai provar, mas se consumido no balcão, não é absolutamente um exagero. O Caffè Florian, o café mais antigo em funcionamento da Itália, é maravilhoso e vale a visita. Ali o café no balcão sai por 3 euros.

café florian em veneza
Não se deixe intimidar pela fila do campanário de São Marcos, se o tempo não estiver tão apertado, tente subir. Na alta temporada você pode reservar com antecedência o ingresso com hora marcada, sem precisar enfrentar a fila. A vista é maravilhosa e você terá uma boa panorâmica da cidade. Admire de fora o Palazzo Ducale. A visita dura muito tempo e infelizmente você terá que deixar pra outra vez. E não deixe de ver a Ponte dos Suspiros.

5 – Canal Grande

Para voltar à estação, pegue o vaporetto da linha 1, é o melhor modo de ver Veneza para quem tem pouco tempo porque você vai passear pela avenida mais linda do mundo, o Canal Grande. Vai ter uma visual dos palácios venezianos e suas fachadas de arquitetura única. Para saber mais sobre vaporetto e como se locomover em Veneza, clique aqui.
Para saber onde comer em Veneza, confira algumas dicas aqui.
18 comments
Previous Post
Next Post