Veneza bairro a bairro: San Marco

San Marco é certamente o bairro mais cenográfico de Veneza, centro do poder político, representado pelo Palazzo Ducale, e religioso, coroado pela sua magnífica Basílica. Para começar a explorar o bairro, é bom acordar cedo e ir para a praça, é o melhor momento para admirar toda sua grandiosidade sem a multidão de turistas que a invade todos os dias.

A Basílica de San Marco, um dos símbolos de Veneza possui inúmeras obras de arte. Começou a ser construída no ano 826, quando o corpo de São Marcos chegou à cidade, vindo da Alexandria. Como o comércio entre oriente e o ocidente era realizado por Veneza, muitos elementos da igreja foram trazidos da antiga Constantinopla, saqueados no período das cruzadas. A rica fachada e seu interno refletem com o ouro e as decorações a potência que foi Veneza no passado. Os mosaicos dentro da igreja são incríveis. Não deixe de visitar a Pala d’Oro, um trabalho minucioso que impressiona pela perfeição.

mapa de veneza

roteiros em veneza

O Palazzo Ducale é o emblema da arquitetura gótica veneziana e era sede do poder da República Sereníssima. Sua fachada é realmente singular, mas o que impressiona mesmo é seu pátio interno e suas salas, decoradas com gosto renascentista com obras de Tintoretto, Tiziano, Tiepolo e Veronese. A Ponte dos Suspiros liga o palácio à prisão e assim se chama, pois era ali que os prisioneiros viam pela última vez a cidade antes de pagarem a condenação.

o que ver em veneza

O Campanário de São Marcos, outro símbolo da cidade é o mais alto de Veneza, quase 100 metros. Na sua ponta, você vai notar a estátua dourada do Arcanjo Gabriel. Você pode subir no campanário de elevador, o ingresso custa 8 euros.  

Os cafés históricos são uma boa pedida. Florian, La Vena, Gran Caffè Quadri são alguns deles. Os preços são bem salgados. Você pode escolher entre sentar dentro e admirar a linda decoração interna ou ficar nas mesinhas do lado de fora, aproveitando a orquestra. Dica: se quiser entrar no Florian para conhecer, mas não quer gastar muito, vale a pena pedir um cafezinho no balcão, custa 3 euros.

atrações de veneza

Uma das curiosidades da Praça San Marco fica por conta da Torre do Relógio. O relógio marca a hora, o dia, as fases da lua e os signos do zodíaco. Em cima do relógio, as estátuas em bronze de dois homens, conhecidos como i mori di Venezia. São eles que por meio de um mecanismo se movem e batem os sinos. Um moro tem barba e aparência mais velha e o outro é mais jovem. Eles representam o passado e o futuro. O moro velho bate o sino dois minutos antes da hora certa e o moro jovem dois minutos depois.

o que fazer em veneza

O Museu Correr abriga obras que ilustram a história e evolução de Veneza como antigos mapas da cidade, representações da vida cotidiana, as grandes navegações, a dominação dos doges, além da rica pintura veneziana do período dos anos 1500. O museu está localizado onde funcionava a procuradoria da república da Serenissima. Para saber mais sobre os museus de Veneza e o melhor modo de comprar os passes, leia este post.

Vale a pena atravessar o Canal e conhecer a Ilha de San Giorgio Maggiore. Fica a somente 5 minutos de vaporetto e você vai poder conferir a vista da Praça San Marco e de Veneza de um outro ponte de vista. A gente super recomenda subir o campanário que oferece a vista panorâmica mais linda da cidade. Saiba mais neste post.

veneza roteiros

Outra atração do bairro de San Marco é o Teatro La Fenice, um dos mais famosos teatros do mundo, que recebe óperas importantes. O teatro está aberto à visitação todos os dias, das 9h30 às 18h. Dê uma olhada no site para conferir, pois os horários podem sofrer alteração. Se você tiver um tempinho, vale a pena, pois é realmente muito bonito.

O Campo Santo Stefano é o campo mais próximo a San Marco, e, como a maioria dos campos venezianos, é repleto de bares e locais com mesinhas para um bate papo. Além dos belos palácios que o circundam. Atrás do Campo Santo Stefano repare no Conservatório Benedetto Marcello. É bem possível que você escute os alunos tocando piano, enquanto as crianças jogam futebol ali em frente. Passa batido para quem não conhece a zona!

veneza o que ver

Onde comer: Para quem quer gastar pouco sugiro o Al Bacareto, uma osteria que serve os famosos cicchetti, tira-gosto da tradição veneziana a preços módicos, acompanhados de um cálice de vinho. Cavatappi restaurante com menu fixo no horário de almoço.

Onde ficar: Uma das sugestões é o Hotel Wildner, um 3 estrelas com bom custo benefício.

Para ver as atrações dos outros bairros de Veneza:

Para Cannaregio, clique aqui.

Para San Polo, clique aqui.

Para Dorsoduro, clique aqui.

Para Castello, clique aqui.

Para Santa Croce, clique aqui.

Procurando hotel em Veneza? Clique aqui
3 comments
Previous Post
Next Post