Veneza bairro a bairro: Dorsoduro

Continuando a série de posts sobre os bairros de Veneza, chegou a vez de Dorsoduro, um sestiere tranquilo, longe da confusão, para ser admirado com calma. Um passeio por suas galerias de arte e vitrines permite aproveitar um pouco da essência de Veneza e ver quem sabe um artesão em pleno trabalho em seu ateliê. Dorsoduro é um bairro que atrai turistas em busca de arte, arquitetura e um mergulho na cultura da cidade.

mapa de veneza

Atrações

Museus

Os museus de Veneza estão bem distribuídos em seus sestieri, mas Dorsoduro ganhou o título de bairro das artes talvez porque dois dos mais importantes museus da Itália e do mundo tenham sua sede aqui.

Galleria dell’Accademia abriga a mais rica coleção de obras venezianas e vênetas dos períodos bizantino, gótico e do renascimento. Muitos quadros importantes para a História da Arte estão aqui, como, por exemplo, A Tempestade, de Giorgione, O Milagre da Relíquia da Cruz na Ponte de Rialto, de Vittore Carpaccio e o Banquete na Casa de Levi, de Paolo Veronese.

Bem pertinho da Academia, no Palazzo Venier del Leone, está a famosíssima Collezione Peggy Gugghenheim,um dos mais importantes acervos de arte moderna do mundo. Em 1948, a mecenas Peggy se mudou para Veneza trazendo sua coleção de obras de arte e enriquecendo a casa onde morava, hoje museu, com peças que ia adquirindo ao longo de sua vida . Além do acervo com obras de Picasso, Klee, Mondrian, Chagall, Magritte, Pollock e outros, a galeria promove mostras temporâneas. Todo verão, nos jardins do palácio de Peggy, acontece um aperitivo muito disputado. Para saber as datas, consulte o site do museu. 

A Ca’ Rezzonico é um dos palácios em estilo Barroco mais belos do Canal Grande. É a sede do interessante museu dedicado à produção artística do período dos anos 1700 na cidade. Entre os museus de Veneza, a Ca’Rezzonico é sem dúvidas, a melhor estrutura para conhecer a cidade por meio do testemunho de seus nobres moradores.

A Punta della Dogana é um triângulo curioso na geografia da cidade, marca o início do Canal Grande e era o ponto onde funcionava a alfândega de mar. O edifício hoje é sede do Centro de Arte Contemporânea da Fondazione Pinault e abriga mostras de arte contemporânea e eventos. A Punta della Dogana é um dos melhores pontos para admirar a bacia de São Marcos, o Canal da Giudecca e fazer muitas fotos.

A Ponte da Academia

A recém reformada (as obras foram realizadas entre 2017 e 2018) Ponte dell’Accademia é um dos símbolos da cidade. É sem dúvida, uma das vistas mais lindas de Veneza com ao fundo a Punta della Dogana e a Basílica da Saúde. A Ponte da Academia foi a segunda a ser construída para atravessar o Canal Grande, a única em que foi utilizada a madeira como material. Para conhecer as outras pontes, clique aqui. 

Igrejas

É um dos edifícios mais monumentais de toda Veneza e foi construído em um ponto estratégico da cidade. A igreja Santa Maria della Salute foi erguida para pagar uma promessa contra o fim da peste que assolou Veneza entre 1630 e 1631. É uma das maiores expressões do barroco veneziano. Os fiéis costumam visitá-la para pedirem saúde e proteção, mas vale a pena admirar sua beleza e aquitetura monumental.

Uma curiosidade: certamente quando chegar até a igreja de San Barnaba você vai se lembrar de uma famosa cena do cinema. Aqui foi gravado Indiana Jones e a Última Cruzada, de 1989. Hoje o edifício abriga uma mostra permanente com protótipos das máquinas projetadas por Leonardo Da Vinci.

Bem próximo à San Barnaba vale a pena visitar: Santa Maria del Carmine, uma igreja de origem gótica, mas que sofreu várias intervenções ao longo dos séculos; e Igreja de San Pantalon, um edifício com fachada inacabada, mas com uma joia em seu interior,  a imensa pintura do teto que representa o martírio do Santo e foi realizada em 24 anos de trabalho.

Locais para passear

O Campo Santa Margherita é um dos locais mais animados de Veneza. Frequentado pelos venezianos e estudantes é um ótimo local para um aperitivo no final do dia. Ali você vai ver muitos locais sentados nos banquinhos batendo papo, crianças brincando de bola ou com seus patinetes e turistas tomando um sorvete ou aproveitando o aperitivo.

veneza o que ver

A Fondamenta delle Zattere é praticamente é uma grande avenida que margeia o Canal da Giudecca, na parte posterior do que é o bairro de Dorsoduro. É onde fica o edifício onde funcionava o Ospedale degli Incurabili, a igreja Gesuati além da maravilhosa vista para admirar a ilha da Giudecca.  Muito agradável na primavera/verão. Frio e misteriosa no outono inverno.

Serviços

Onde comer: Eu recomendo fortemente um lugar especial em Dorsoduro. Al Bottegon é, para mim, uma das melhores osterias venezianas. Lá, uma senhorinha vai ter servir ótimos tira-gostos. Perfeito para tomar um vinho e se sentar no murinho com vista para o canal. Outra opção é a Osteria al Squero, que fica de frente para o Squero di San Trovaso, uma oficina onde ainda hoje constroem e reparam gôndolas.

Onde ficar: A Foresteria Levi fica em um palácio histórico bem próximo à parada de vaporetto Accademia.

Para saber as atrações dos outros bairros de Veneza

Para Cannaregio, clique aqui.

Para San Polo, clique aqui.

Para Castello, clique aqui.

Para Santa Croce, clique aqui.

Para San Marco, clique aqui.

 

 

6 comments
Previous Post
Next Post