Veneza bairro a bairro: Castello

Dos bairros de Veneza (saiba mais sobre todos os outros bairro aqui), Castello é o maior deles. Uma parte da cidade que a chance de se deparar com a Veneza “vera”, aquela dos venezianos, é muito alta. Castello fica bem próximo de São Marcos, de onde você pode começar seu passeio.

mapa de veneza

Atrações

A Riva degli Schiavoni é a grande “avenida”, se assim podemos dizer, que margeia a bacia de São Marcos. Seu início é na Ponde della Paglia, o ponto da cidade onde todos se aglomeram para ver a famosa Ponte dos Suspiros. A paisagem da Riva degli Schiavoni foi reproduzida por muitos artistas, especialmente Canaletto. Dali pode-se admirar de longe a Ilha de San Giorgio

Igrejas

Bem atrás de São Marcos está a igreja de San Zaccaria. Sua fundação é muito mais antiga, mas o que chama atenção é a fachada construída em época renascentista por Mario Codussi. Além de conservar as relíquias do pai de João Batista, a igreja tem em sua cripta os corpos de alguns dos doges da história da República de Veneza.

Bem próximo dali está a graciosa igreja de San Giorgio dei Greci. Impossível não notar o campanário torto da construção, que foi dedicada aos gregos que se mudaram para Veneza depois da queda do Império Bizantino.

atrações de veneza

A igreja de Santa Maria della Pietà é também conhecida como a igreja de Vivaldi. Foi aqui que o famoso músico, que também era sacerdote, ensinava sua arte às famosas “filhas do coral”, meninas órfãs que eram educadas pelo instituto della Pietà. Estes corais eram famosos em toda Europa e a piedade frequentada por nobres, embaixadores e intelectuais.

A igreja de Santa Maria Formosa é de fundação muito antiga, tradicionalmente no ano de 639. A construção que vemos hoje em dia é do século XV, com sucessivas reestruturações. Durante a I Guerra Mundial a igreja foi bombardeada pelas tropas austríacas e muito danificada. Aproveite para visitar a Libreria Acqua Alta, que fica a poucos passos do Campo Santa Maria Formosa. É considerada uma das mais belas livrarias do mundo.

O Campo San Giovanni e Paolo é um dos mais bonitos de Veneza. Não à toa é conhecido como Campo delle Meraviglie. Abriga a igreja com mesmo nome além da Scuola Grande di San Marco, hoje sede do hospital da cidade.

A fachada renascentista se destaca ao lado da construção gótica da igreja, e vale a pena entrar para ver os afrescos que decoram as antigas  salas. A igreja de San Giovanni e Paolo possui obras de artistas famosos como Tiziano, Tintoretto, Veronese, entre outros e é considerada o panteão de Veneza pelo grande número de doges que foram sepultados por lá. A estátua equestre do campo é obra de Verrocchio.

Arsenal

Um dos lugares de grande importância na história de Veneza pode ser visitado ainda hoje no bairro Castello. É o famoso Arsenale di Veneza, o antigo estaleiro que por anos foi um dos mais importantes na construção naval  mundial e garantiu a Veneza a supremacia dos mares. A construção é muito imponente. Bem pertinho funciona o Museo Storico Navale

Bienal

É no bairro de Castello que se encontra os Jardins da Bienal, ou Giardini della Biennale, uma das raras áreas verdes da cidade. Neste pedacinho do bairro, nem parece que estamos em Veneza. Ali estão os pavilhões da famosa Bienal, que a cada dois anos promove as novas tendências artísticas e organiza manifestações pluridisciplinares.

A primeira edição aconteceu em 1895.  Próximo aos jardins da bienal, está a via Giuseppe Garibaldi, uma grande avenida (coisa rara na geografia de Veneza) com lojas e osterias.

Serviços

Onde comer: Al Portego é considerada uma das melhores osterias da cidade onde comer um bom tira-gosto. Fica próximo ao Campo San Lio. O endereço correto é: Salizada San Lio 6014. Outra osteria boa fica na via Garibaldi, 1582 e chama-se Strani. Serve pratos e tira-gosto. Muito frequentada pelos venezianos. O ambiente é jovem, mas eu encontrei muitos senhorzinhos por lá.

Onde ficar: O Hotel Paganelli é um ótimo 3 estrelas a poucos passos da Piazza San Marco, na Riva degli Schiavoni.

Para ver as atrações dos outros bairros de Veneza

Para Cannaregio, clique aqui.

Para San Polo, clique aqui.

Para Dorsoduro, clique aqui.

Para Santa Croce, clique aqui.

Para San Marco, clique aqui.

 

 

 

5 comments
Previous Post
Next Post