Tour na Costa Amalfitana

Ah, o sul da Itália.. Fomos convidadas para participar de um blog tour pela Costa Amalfitana e a Costa do Cilento, duas regiões magníficas, bem próximas a Napoli e a Salerno. Durante o programa #SalernoC2C eu visitei lugares espetaculares, com paisagens incríveis e culinária mediterrânea de primeira.

Costa-amalfitana

Vamos começar por Salerno, ponto de partida para a viagem pela Costa Amalfitana. Muitas pessoas chegam por Napoli e seguem de barco, mas Salerno é um ponto bem interessante por te dar a oportunidade de desbravar seja a Costa Amalfitana que a Costa do Cilento, uma grata surpresa nesta viagem sobre a qual falarei em breve.

mapa da costa amalfitana

As distâncias até Salerno são: de Napoli (50 km) ou 40 minutos de trem. De Roma (270 km) e 2 horas de trem. Saindo da estação de Salerno você pode pegar um ônibus da empresa Sita que percorre a Costa Amalfitana e te leva até Amalfi. A viagem dura 75 minutos e o bilhete custa 3,40 euros. Conversando com o pessoal responsável pela promoção do turismo no local, eles desaconselharam o aluguel de carros. Realmente as estradas são muito estreitas e se todo mundo que for pra lá alugar um carro, é congestionamento na certa. No ônibus você pode admirar a paisagem numa boa.

ravello visitar

Amalfi

Eu sempre sonhei em conhecer a Costa Amalfitana. A paisagem realmente é de filme, o mar é belissimo e as cidadezinhas encrustadas nas pedras parecem um presépio. Amalfi é a mais conhecida e suas ruas são cheias de turistas do mundo inteiro. A cidade tem uma importância histórica muito grande pois, no passado, foi uma potência naval ao lado de cidades como Pisa, Veneza e Gênova. Difícil imaginar como um vilarejo tão pequeno possa ter tido tal importância.

amalfi passeio

O patrono da cidade é Santo André. Santo André está para Amalfi assim como São Marcos está para Veneza. O corpo do santo pescador foi embalsamado e, de Constantinopla, levado a Amalfi no tempo das cruzadas. O duomo da cidade é dedicado a Santo André e é uma das atrações principais de Amalfi. Vale a pena visitar o claustro onde pode-se notar a influencia árabe nas formas. O museu do duomo conserva obras de arte sacra muito bonitas, além dos afrescos maravilhosos da estrutura.

o que ver em amalfi

Amalfi é uma cidadezinha muito pequena, vale a pena explorar suas vielas e becos, provar o famoso Limoncello e visitar as simpáticas lojinhas de cerâmica. Lindas e coloridas, dá vontade de levar tudo pra casa. Não deixe de experimentar a sfogliatella de Santa Rosa, um doce típico inventado por freiras de um convento de clausura não muito distante do centro de Amalfi.

visitar costa amalfitana

Maiori

Com tanta coisa para ver, quase não sobra tempo para aproveitar a praia. Mas se você quiser um dia de relax, Maiori é uma boa pedida, já que possui a maior extensão em termos de praia. Atenção: as praias da Costa Amalfitana são bem pequenas e o terreno é rochoso, Maiori é uma das poucas praias com areia, ideal para famílias com crianças. A cidadezinha é muito simpática. Eu adorei as fachadas das lojinhas da rua que levam à igreja principal. A Santa Maria ao Mar, padroeira de Maiori, é como a nossa Nossa Senhora Aparecida. Diz a lenda que foi encontrada por pescadores. As escadaria da igreja são palco de uma tradicional corrida no dia da padroeira. Os fiéis sobem as escadas correndo, carregando a pesada santa no andor, debaixo do sol escaldante do verão italiano. Um verdadeiro espetáculo que acontece todos os anos, no dia 15 de agosto.

passeio costa amalfitana

costa amalfitana na itália

Ravello

Certamente a minha preferida da Costa Amalfitana. Ravello fica bem no alto, e o percurso até a cidadezinha é repleto de curvas (como em toda costa). Para quem ama eternizar cada momento, uma observação desanimadora: infelizmente os melhores ângulos são os que a gente vê de dentro do ônibus. A boa noticia é que a Costa Amalfitana tem várias trilhas que você pode seguir a pé. Aí sim, dá pra fazer umas fotos maneiras. Mas isso vai ficar pra próxima. O tempo era curto e a gente tinha que conhecer muitas coisas.

Ravello na itália

Ravello também fica repleta de turistas. A cidade tem umas lojinhas show com cerâmica, produtos típicos, roupas de linho, chapéus. Tudo muito charmoso. As suas ruas e becos traduzem a atmosfera da Costa Amalfitana com as cores e a natureza exuberante. A Piazza Vescovado abriga a Catedral de Ravello, o principal edifício religioso da cidade. Ali também estão bares e restaurantes para quem quiser fazer um lanche ou descansar. Bem em frente a praça, está a Villa Ruffolo, onde acontece todos os anos, entre junho e setembro, o famoso Festival di Ravello, com vários concertos emoldurados pela esplêndida vista da vila. Ravello foi e ainda é refúgio de artistas, letrados e famosos em busca de sossego e do ar fresco e atmosfera leve da Costa Amalfitana. Por lá eram habitué personagens como Greta Garbo e Richard Wagner. Ainda hoje a cidade recebe famosos. Os hotéis não revelam a identidade de seus hóspedes para manter a privacidade. Richard Gere é um deles.

ravello itália

ravello na costa amalfitana

A grande surpresa de Ravello é, sem dúvidas, a Villa Cimbrone. O lugar é mesmo espetacular e tem um dos terraços com a vista mais linda do mundo. Não é exagero! Ir a Ravello e não ver a Villa Cimbrone é como ir a Roma e não admirar o Coliseu. A vila foi comprada por um lorde inglese no início dos anos 1900 que recuperou a área e realizou um jardim suntuoso com diversas espécies botânicas e monumentos. O jardim da Villa Cimbrone é considerado um dos jardins ingleses mais belos da Itália. A estrutura é aberta ao público todos os dias das 9 até o por do sol e o ingresso custa 7 euros. A atração principal é o terraço. As fotos falam por si. No Villa Cimbrone funciona um hotel 5 estrelas incrível. As tarifas começam de 250 euros a diária, fora da alta estação. Para quem quer passar a lua de mel ou uma ocasião especial, fica a dica de um lugar de sonho. Uma curiosidade: Ravello tem um auditório projetado por Oscar Niemeyer e inaugurado em 2010. Mas.. ficou para a próxima, infelizmente não pude visitar.

roteiro pela costa amalfitana

Os jardins da Villa Cimbrone, o terraço com uma das vistas mais lindas do mundo e a piscina para os hóspedes do hotel
Os jardins da Villa Cimbrone, o terraço com uma das vistas mais lindas do mundo e a piscina para os hóspedes do hotel
Sensação incrível de infinito no terraço da Villa Cimbrone
Sensação incrível de infinito no terraço da Villa Cimbrone

Cetara     

Cetara é a segunda cidade da Costa Amalfitana para quem sai de Salerno. É uma pequena vila de pescadores muito graciosa, onde é possível admirar a genuinidade da Costa, já que não é muito explorada pelos turistas. Mas a atração principal de Cetara vem do campo gastronômico. A cidade é conhecida por uma iguaria única: a colatura di alici, uma espécie de elixir extraído das anchovas (que por ali são realmente especiais) que descansam e amadurecem junto com o sal por meses em barris de carvalho. O procedimento é muito antigo, passado de pai para filho e é realizado somente em Cetara. O líquido é utilizado para temperar spaghetti e outros pratos de frutos de mar e verduras.

cetara costa amalfitana

o que ver na costa amalfitana

costa amafitana mar

Nós tivemos o prazer de degustar as anchovas de Cetara preparadas pelo simpático Gennarino, do restaurante Acquapazza que recomendo altamente para quem quer experimentar a culinária local. Além da anchova com a colatura, comemos a versão frita e um carpaccio sensacional de peixe espada e atum. A colatura é bem trabalhosa de se obter e o preço de um pequeno vidrinho é de 20 euros. Eu trouxe um de presente para o meu chefe, verdadeiro cultor da boa gastronomia.

colatura-di-alici

 

Costa Amalfitana – Onde comer

Conca dei Marini

Ristorante Calajanara

onde comer costa amalfitana

Excelente restaurante com pratos típicos a quilômetro zero da culinária mediterrânea. Todos os produtos utilizados nos pratos são de produção própria. O peixe é trazido pelos pescadores locais e as verduras e o azeite de oliva vêm do terreno de Salvatore, o anfitrião fantástico que te conta as histórias e lendas do lugar. Destaque também para a posição do restaurante, encrustado em uma colina com vista muito romântica para o mar. Mais info, clique aqui.

Cetara

Acquapazza

restaurante costa amalfitana

Gennarino é tão conhecido em Cetara que tem as chaves da torre principal da cidade e saúda todo mundo que encontra pelas ruas. Um ótimo anfitrião que prepara pratos à base da famosa anchova de Cetara. O restaurante fica na rua principal da cidade e o ambiente é bem bacana. Mais info, clique aqui.

Vietri sul Mare

Re Maurì

dicas de restaurante costa amalfitana

Para quem quer aproveitar a culinária refinada e muito elaborada de um restaurante com 1 estrela Michelin, vale a pena conferir o Re Maurì. O chefe Lorenzo Cuomo é bem jovem e originário de Furore, uma pequena localidade da Costa Amalfitana. Imaginem só os sabores da costa intepretados por um chef criativo e inovador. Mais info, clique aqui.

Antes que me perguntem. Não fomos a Positano. O programa não previa a cidade. Mas se quiserem dicas sobre o destino, deem uma olhada no post da Helô Righetto para o Aprendiz de Viajante sobre a localidade. Clique aqui.

32 comments
Previous Post
Next Post