Tour da Grande Guerra, em Treviso

A Itália participou ativamente da Grande Guerra entre 1915 e 1918 e a região do Vêneto foi palco das batalhas mais importantes entre os exércitos italiano e austro-húngaro. Os traços deste capítulo da história ainda estão presentes em trilhas e pontos específicos no território da província de Treviso.

Eu fui conhecer o percurso projetado pela Associação Da Ponte a Ponte, um trekking superlegal pelos locais estratégicos da Grande Guerra, com um cenário espetacular no meio da natureza e circundado de cidades históricas. Um ótimo roteiro cultural.

I guerra itália lugares

O rio Piave, conhecido como rio sagrado da pátria, é o fio condutor do passeio pelos lugares da guerra. A partir da cidadezinha de Vidor em meio onde hoje estão as prósperas colinas do prosecco, a gente encontra os traços de observatórios onde os soldados podiam ver e ouvir de longe a chegada das tropas inimigas. Ainda é possivel encontrar restos de muniçao do período. Inacreditável!

Itália na I guerra

I guerra Itália

O castelo de Vidor proporciona um panorama belíssimo das colinas do prosecco. No passado foi uma fortificação medieval e hoje abriga uma igreja/ossário em homenagem as soldados mortos na guerra. Bem atrás da construção é possível ver ainda trincheiras da época.

I guerra mundial participação itália

A Abadia de Santa Bona, sem dúvidas é o ponto alto do passeio, e hoje pertence a uma família abastada, responsável pela sua manutenção. Ali foram enterrados os restos desta santa de origem egípcia. A estrutura é belíssima com uma vista maravilhosa para rio Piave, que na primavera/verão se transforma na praia dos trevisanos.

treviso rio piave

Muito difícil imaginar voltar ao tempo e imaginar o cenário de batalhas sangrentas quando se visita o parque Fontane Bianche, um oásis de paz e tranquilidade onde o Piave corre tranquilo em meio de uma paisagem silenciosa.

locais I guerra mundial batalhas
Os rastros da guerra estão por todos os lugares nesse território. Abaixo um dos inúmeros monumentos comemorativos e em homenagem aos soldados da guerra que estão espalhados pelas cidades.
soldados I guerra itália
Seguindo nosso roteiro chegamos à graciosa igrejinha de Sant’Anna. Atrás dessa joia, uma trilha nos leva a uma gruta que funcionava como hospital no período da guerra. É impressionante. Ninguém sabia ou se lembrava da existência dessa gruta até que o senhor Diotisalvi Perin se lembrou de que quando era criança brincava num espaço que os antigos diziam ser uma gruta hospital. Procuraram, procuraram e finalmente encontram o lugar. Incrível! Para chegar à gruta hospital a gente passa pelos restos de duas pontes do período romano. Pura história.
roteiro I guerra mundial na Itália
Para quem quer fazer um roteiro diferente ou é um apaixonado pela história da guerra, vale a pena conferir este percurso. Obrigada à colega Valentina Facchin do blog Around and About Treviso e à Associação Da Ponte a Ponte pelo convite. Foi um passeio incrível.
6 comments
Previous Post
Next Post