Supermercado na Itália: 10 produtos para trazer na mala

Quem não gosta de visitar um bom supermercado em uma viagem? Conhecer produtos novos, comparar preços, ver as embalagens. Todo mundo sabe que aqui na Itália a comida é um patrimônio e é respeitado como tal. Portanto, mesmo em um simples supermercado, é possível encontrar maravilhas gastronômicas nas prateleiras. Os empórios, bodegas e lojas de pequenos produtores vendem produtos incríveis e de alta qualidade, mas o supermercado do dia a dia oferece muitas opções.

Se você quiser levar alguma coisa pra casa, eu selecionei 10 produtos que a gente encontra facilmente no supermercado. Tem tanta coisa boa que dá até vontade de fazer um estoque. Atenção porém para as dicas no fim do post sobre o que é proibido colocar na mala.

1- Massa Garofalo

Minha marca preferida é a Garofalo. A massa é produzida em Gragnano, uma comuna próxima a Napoli que é considerada a pátria da massa.

o que comprar no supermercado na itália

2 – Café Illy

Eu gosto de comprar a latinha da Illy para o café de Moka. Pra mim é o melhor café que se encontra no supermercado. Além da lata ser um charme para dar de presente.
o que comprar no supermercado na itália (5)

3 – Arroz para risoto

Quer fazer um bom risoto? Escolha o arroz certo. O melhor tipo é o Carnaroli, o Vialone Nano ou um arroz com grãos pequenos e redondos. Não tenho uma marca preferida. Este da foto é bem regional, inclusive faz parte de um Arca do Gosto do Slow Food.

o que comprar no supermercado na itália (2)

4 – Geleia Rigoni di Asiago

Ela custa um pouco mais caro que as outras, mas a Rigoni di Asiago é totalmente orgânica, só tem açúcar da fruta e tem uma variedade enorme de sabores: frutas vermelhas, morango selvagem, rosa, pera, limão, laranja amarga etc.

o que comprar no supermercado na itália (7)

5 – Bibanesi

São biscoitos salgados feitos à mão e produzidos aqui no Vêneto. Não posso garantir que se encontram em qualquer supermercado, mas se você encontrar, compre. Dou minha palavra que é bom. Mas vicia. Já fiz um post sobre o Bibanesi. Leia aqui.

o que comprar no supermercado italia

6 – Torrone

Minha marca preferida de torrone é a Sorelle Nurzia. Nem sempre eu encontro em todos os supermercados, mas o importante é comprar o torrone “morbido” ou “tenero”, que é o torrone molinho. Eu pelo menos detesto aqueles duros que quase quebram os dentes.

sorelle nurzia

7 – Taralli Pugliesi

Taralli são os salgadinhos típicos da Puglia, mas de tão conhecidos, são vendidos em todo território nacional. Os biscoitinhos também são viciantes e não tenho uma marca de preferência visto à enorme oferta na prateleira dos supermercados.

o que comprar no supermercado na itália (6)

8 – Cremino

O cremino é um doce feito com três camadas de chocolate e gianduia, inventado em Torino pelo proprietário da confeitaria Baratti & Milano. Hoje várias marcas fazem o chocolate. Acho que não tem uma marca que seja ruim.

o que comprar no supermercado na itália (4)

9 – Molho de tomate Mutti

O melhor molho de tomate é aquele que a gente faz em casa com os tomates do verão e estoca para o inverno. Mas quando acaba, eu compro o da marca Mutti de tomate datterino. É maravilhoso e você vai ver a enorme diferença entre um molho de tomate normal e este.

o que comprar no supermercado na itália (9)

10 – Chocolate Novi

Muita calma nesta hora. Esta é a seção das maravilhas de qualquer supermercado, aqui dá pra se perder e nunca mais se encontrar porque as opções são muitas e é tudo muito bom. A marca italiana que eu mais gosto é a Novi, uma empresa do Piemonte que faz barrinhas de chocolate incríveis e para todos os gostos. Eu prefiro a simples ao leite. É realmente uma concorrente à altura da Lindt. Da próxima vez dê atenção à esta marca. Você não vai se arrepender.

o que comprar no supermercado na itália (3)

Pode levar qualquer tipo de alimento na mala?

O Ministério da Agricultura, por meio de normativa emitida em 10 de maio de 2016 passou a autorizar a entrada no país de produtos que no passado eram proibidos. A partir dessa normativa você pode trazer:

-produtos cárneos industrializados destinados ao consumo humano (esterilizados comercialmente, cozidos, extratos ou concentrados de carne, etc);

– produtos lácteos industrializados (doce de leite, leite em pó, manteiga, creme de leite, queijo com maturação longa, requeijão, etc);

– produtos derivados do ovo (ovo em pó, ovo líquido pasteurizado, clara desidratada, etc);

– pescados (salgado inteiro ou eviscerado dessecado, defumado eviscerado, esterilizado comercialmente);

– produtos de confeitaria que contenham ovos, lácteos ou carne na sua composição;

– produtos de origem animal para ornamentação.

Para entrar no território nacional os produtos devem estar acondicionados em sua embalagem original de fabricação, com rotulagem que possibilite a sua identificação.

A fiscalização em portos, aeroportos, postos de fronteira e aduanas especiais é feita pelo Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro) do Mapa. O trabalho de inspeção evita a entrada de pragas que possam causar danos ao meio ambiente. (Fonte: Ministério da Agricultura)

Para quem quiser dicas de produtos de beleza para comprar nos supermercados italianos, tem um post sobre o assunto. Clique aqui.

A Ana Cristina, do blog Itali-Ana fez um ótimo post indicando algumas lojas em Milão, Bolonha, Florença e Roma onde comprar produtos típicos para levar para o Brasil. Confira neste link.

40 comments
Previous Post
Next Post