Procuratie Vecchie em Veneza abre ao público depois de 500 anos

O imponente complexo da Procuratie Vecchie, que domina a Praça São Marcos em Veneza foi reaberto ao público pela primeira vez, em 500 anos. A inauguração, em 8 de abril de 2022, foi um momento histórico para cidadãos venezianos e turistas, já que o palácio finalmente poderá ser visitado por todos.

Os procuradores da República de Veneza

A Procuradoria Velha é um amplo edifício que fica do lado norte da Praça São Marcos, e era o lugar onde moravam e trabalhavam os procuradores da República de Veneza, um cargo de muito prestígio, que na hierarquia administrativa ficava atrás apenas do doge, a figura principal do governo. Os procuradores da república eram 9 no total e eram responsáveis por tutelar os bens ligados à Basílica de São Marcos, além de cuidarem de assuntos ligados a cada sestiere (bairro) de Veneza.

Mas um dos principais papeis era a assistência dos mais necessitados. Com a reestruturação do complexo, esta função de certa forma renasce visto que o espaço é sede da Fundação Human Safety Net, que visa à potencialização de comunidades vulneráveis, como por exemplo refugiados, por meio de ações de integração.

O projeto de restauro

O estúdio do arquiteto inglês David Chipperfield assina o projeto que requalificou o palácio, com um restauro que durou 5 anos, utilizando materiais como mármore e deixando à vista traves de madeira, pedra e até restos de afrescos. O terraço veneziano, um tipo de material tradicionalmente utilizado nas construções da cidade, também foi revisitado dividindo o espaço com cores neutras como branco e bege.

As salas do terceiro andar, abrigam instalações interativas que convidam o visitante a observar suas próprias potencialidades e ao final do percurso é possível escolher o projeto ao qual doar parte do ingresso de entrada. O complexo conta com biblioteca, um café (assinado Illy), auditório e um terraço de onde é possível ver os telhados da cidade e escutar os sons da Praça São Marcos.

Ontem e hoje

O enorme palácio que abrigava os procuradores da República de Veneza tem 152 metros e conta com 50 arcadas e 100 janelas e quando foi erguido, no século XIII causou grande estupor. Reestruturado ao longo dos séculos com projetos de arquitetos famosos como Codussi e Scamozzi, no século XIX foi comprado por uma companhia de seguros (Assicurazioni Generali) que manteve aqui sua sede até quase os anos 90 (século XX). Finalmente depois de alguns séculos, venezianos e turistas podem acessar a casa dos procuradores.

0 comments
Previous Post