Passeio pelas Dolomitas,San Candido

A cadeia montanhosa mais famosa do norte da Itália é também Patrimônio Mundial da Unesco e uma meta espetacular para quem deseja esquiar ou mesmo fazer trekking, passear ou viver o clima da montanha. As Dolomitas se estendem entre as regiões do Vêneto, Trentino Alto Adige e um pedacinho do Friuli. Quem vem passear em Veneza, e quer esticar pode visitar Cortina d’Ampezzo, que é a cidade mais conhecida das Dolomitas no exterior. Cortina sempre foi considerada uma cidade muito chique, onde os italianos endinheirados aproveitavam as férias. Outra opção é Dobbiaco e San Candido, cidadezinhas bem mais tranquilas, mas cheias de graça, ótima base para quem quer passear, fazer trekking ou aproveitar as pistas de esqui.

Eu me hospedei em Dobbiaco porque todos os hotéis de San Candido estavam lotados. As duas cidades ficam a apenas 5 km de distância. Foi ótimo dormir em Dobbiaco, mas San Candido é muito mais bonitinha, daquelas pequeninas cidades com construções típicas de montanha, lojinhas, bares e restaurantes.

visitar dolomitas itália

trekking inverno itália

Eu não sei esquiar e prefiro fazer trekking. Gosto de passear, fazer longas caminhada e apreciar a natureza. Então tem atividade pra todo mundo, seja pra quem curte esquiar ou não. Fizemos uma trilha de aproximadamente 4 horas em um dia de muito frio e bastante neve. A trilha partia da localidade de Moso, a poucos quilômetros de San Candido. As trilhas são sempre sinalizadas com os números e você sempre encontra muita gente pelo caminho.

dolomitas visitar itália

 

trekking na neve na itália

No inverno a gente tem que se proteger. Faz muito frio. Se você não tiver roupa para a neve, indico passar em uma loja da Decathlon. Invista em uma calça e agasalho adequados. Os preços não são exagerados. Eu comprei essa calça da foto na promoção por 19 euros. Não senti frio em nenhum momento. Tem um post com 10 dicas de como se vestir no inverno. Leia aqui.

inverno na itália como se vestir

Uma das metas das excursões na montanha são as malgas. São pequenos restaurantes, alguns com quartos disponíveis para hospedagem, administrados pelas famílias que vivem por ali. São locais afastados e por isso todos os produtos são de fabricação própria. Tudo biológico, direto do quintal de casa. Pode apostar: em uma malga você vai comer o melhor queijo e para os carnívoros, a melhor carne da vida! A decoração é típica de montanha, o ambiente é muito simples e divertido. Um ponto de encontro fantástico!

trekking dolomitas itália

Abaixo os pratos: Canederli con funghi: o canederlo é tipo um nhoque feito com pão, é um dos pratos símbolos da região do Trentino. Strudel, o doce de maça que todo mundo ama. Na caneca, suco de maça quente, nunca tinha experimentado. É muito bom, ainda mais depois de caminhar no frio. Iogurte com frutos vermelhos. Tudo de produção própria da malga. Sensacional. A recompensa pela caminhada pesada.

dolomitas na itália

Para quem pensa em esquiar, San Candido tem várias pistas. Uma das principais fica dentro da cidade, mais fácil, impossível!

De Veneza a San Candido são 180km. O modo mais simples de chegar é de carro. A viagem proporciona paisagens incríveis e se você quiser, pode parar em Cortina para conhecer. A cidade é bem pequenina, em 1 hora você vê tudo. De San Candido, se quiser, vale a pena esticar até a Áustria. Até Lienz são 40 minutos de viagem! Existe uma trilha muito legal entre Lienz e San Candido que dá pra fazer de bicicleta. Mas essa é história pra outro post…

10 comments
Previous Post
Next Post