Onde comer em Treviso, meus restaurantes preferidos

O que esperar de um restaurante em Treviso? Muita qualidade, sabor, mas acima de tudo respeito e apego às tradições. A culinária por aqui baseia-se nas antigas receitas passadas de geração a geração e produtos exclusivos como o famoso radicchio di Treviso. Não tão antigo assim é o tiramisù, outra iguaria 100% trevisana, inventada em um restaurante no centro da cidade. Mas, onde comer em Treviso?  A seguir, meus restaurantes preferidos.

Le Beccherie

 
Foi neste estabelecimento que, em 1962, o tiramisù, uma das sobremesas italianas mais famosas no mundo, foi inventado. Algum tempo se passou, o restaurante foi completamente repaginado, mas continua a atrair muita gente interessada em experimentar o tiramisù original. O Le Beccherie serve pratos da tradição revisitados, com capricho na apresentação e no sabor. A decoração do espaço é uma atração a parte. Se puder, reserve ou peça uma das mesas com vista para o canal. É uma graça. Piazza Ancilotto,9.

Antico Morer

Se você gosta de peixes e frutos do mar, o Antico Morer é uma ótima pedida na cidade. O restaurante é tradicional e o serviço bem formal. Eles fazem questão de servir somente peixe fresco, por isso não estranhe se propuserem outros pratos fora do menu. Eles fazem um excelente antepasto de peixe cru e massas com frutos do mar de comer de joelhos. Via Riccati,28.

Osteria Ponte Dante

Atendimento muito simpático nesta tradicional osteria que fica em um antigo palácio reestruturado no bairro universitário. No menu pratos mais rústicos com ingredientes da estação e iguarias típicas como a Sopa coada, prato para os fortes, feito com carne de pombo. Mas não se deixe intimidar pela proposta exótica porque o cardápio do Ponte Dante tem ainda vários tipos de massas e carne. Piazza Giuseppe Garibaldi,6.

Toni da Spin

Um dos restaurantes mais tradicionais da cidade, a Trattoria Toni da Spin também serve pratos da culinária típica trevisana. Pasta e fagioli (uma sopa de massa com feijão), massa com ragu de anatra (molho com carne de pato), fegatino alla veneziana, baccalà alla vicentina são algumas das opções, mas tudo depende também da estação do ano. A decoração do espaço também é muito tradicional e torna a experiência ainda mais interessante. Via Inferiore, 7

Trattoria All’ Oca Bianca

Escondida bem próxima à rua principal do centro, esta trattoria funciona na cidade desde 1921. Não precisa nem dizer que é um outro local onde encontrar a culinária local, com ingredientes frescos e simples. O atendimento é muito simpático, feito pelos membros da família proprietária do restaurante. Se der sorte, vai encontrar no menu da sobremesa um delicioso strudel quentinho. Piazzetta Torre,7.

Pizzeria da Pino

Pizzaria ícone no coração de Treviso. Durante as estações mais quentes ou amenas, vale a pensa sentar do lado de fora na praça e ver a vida passar. A massa da pizza é muito boa e o o cozimento é feito no forno a lenha, o que garante o sabor do recheio e o crocante da massa. As opções são inúmeras, mas eu acabo pedindo sempre a Margherita DOP., com molho de tomate, mozzarella, mozzarella de bufala DOP (denominação de origem protegida), parmiggiano reggiano 24 meses e manjericão. Piazza dei Signori, 23.

Arman

Esta osteria é simples e pouco pretensiosa, mas está sempre lotada, principalmente de jovens na hora do aperitivo. O menu se baseia em pratos feitos com produtos frescos da estação e preferencialmente do território trevisano. Não deixe de experimentar o antepasto que leva salame (sopressa vêneta) com casatella trevigiana (um tipo de queijo que se produz somente aqui), crostino com baccalà mantecato e tábua de frios e queijos. Via Manzoni, 27.

Para um apertivo

Diferentemente de outras cidades da Itália, o aperitivo em Treviso não tem buffet. Isso faz com que o preço dos drinks seja bem mais baixo, mas em contrapartida, você tem que escolher e pagar pelos petiscos. O Spritz é o grande protagonista, já que a bebida também foi inventada em terras trevisanas. A receita original leva Aperol, prosecco (outra exclusividade da cidade), e água tônica. Mas quem prefere um gostinho mais amargo e menos doce, pode-se pedir o Spritz com o Campari.

Hostaria dai Nanetti

 
Tradicionalíssimo, é um espaço onde fazem tábuas de frios e queijos e paninos. Ambiente descontraído onde geralmente come-se em pé no balcão ou na rua. Vários tipos de vinho do território entre tintos e é claro, o prosecco. Vicolo Broli,2.

Cantinetta Venegazzù

Meu Spritz preferido na cidade. Eles também têm uma boa seleção de petiscos entre crostini, frios, polpetta, e uma grande variedade de vinhos na taça. Também fica bem cheio. Se não conseguir uma mesa, não tem problema. Muita gente acaba ficando do lado de fora em pé ou sentado nos banquinhos em frente ao bar. Piazza Ancilotto,2.

Soffioni

Este bar é supertradicional e fica embaixo do histórico Palazzo dei Trecento. Recentemente foi reformado e ficou bem elegante, mas ao mesmo tempo muito descontraído. Pra quem prefere cerveja a vinho, eles têm ótimas opções. Piazza dei Signori,26.
4 comments
Previous Post
Next Post