Mitos e erros da cozinha italiana: como evitar as gafes

Você já parou para pensar quantos clichês permeiam a culinária italiana no mundo? No imaginário coletivo as mammas, a toalha quadriculada vermelha, o molho à bolonhesa … Existe uma série de erros e lugares comuns que representam os costumes italianos na cozinha no exterior e que você não irá encontrar por aqui. E se repetir, pode até levar uma bela torcida de nariz de um italiano. Sim, eles são extremamente conservadores quanto à própria culinária. A seguir, alguns dos mitos e erros da cozinha italiana e como evitar as gafes.

 

1 – Café e cappuccino nunca acompanham nenhum tipo de refeição

cappuccino mitos da cozinha italiana

O café geralmente é consumido pela manhã e depois das refeições. Já o cappuccino é muito usado no café da manhã acompanhado de um croissant (que na Itália se chama brioche ou cornetto). Você nunca verá um italiano pedir um cappuccino depois de uma refeição. Outra coisa: o café da manhã por aqui é sempre doce e existe a mania de fazer a primeira refeição do dia no bar. Os italianos te olham estranho quando você pede algo salgado pela manhã.

 

 

2 – Massa e risotto são pratos únicos e não devem ser servidos acompanhados de carne

massa mitos da cozinha italiana

Em muitos restaurantes no Brasil, é oferecido o combo risotto+carne ou massa+carne. Na Itália é um sacrilégio misturar as duas coisas.

 

3 –  Azeite na massa

Ao preparar a massa, muita gente tem mania de colocar o azeite na água. A única coisa que deve-se colocar na água do cozimento é o sal, e grosso. O azeite e todos os outros temperos são acrescentados depois que a massa estiver pronta.

4 – Massa com ketchup

Quer ver um italiano torcer o nariz para você e fazer cara de nojinho?? Melhor não,né? Então nada de ketchup na massa. Muita gente faz essa combinação, considerada bizarra para um italiano.

 

5 – Spaghetti à bolonhesa

massa bolognese mitos da cozinha italiana

O conhecido prato não existe. O italiano faz questão de combinar cada tipo de massa ao molho mais adequado. No caso da bolonhesa, a massa indicada é tagliatelle.

 

6 – Pizza de frango com catupiry, o que é isso?

pizza mitos da cozinha italiana

Você nunca vai ver um italiano combinando massa com frango. E nem pense em pedir pizza de frango com catupiry. Isso não existe por aqui.

7 – A Caesar Salad

Outro prato que não existe aqui. Foi criado por um chef de origem italiana, Caesar Cardini,  que emigrou para San Diego nos anos 20 e depois abriu um restaurante em Tijuana, no México. Aqui na Itália ninguém sabe quem é.

 

8 – Toalha quadriculada

????????????????????????????????????

Você nunca vai encontrar em um restaurante italiano (exceto naqueles altamente turísticos), a tal toalha vermelha e branca quadriculada. Muito utilizada nos restaurantes no exterior, por aqui a gente nunca vê.

10 –  O Fetuccini à Alfredo

Esse talvez seja o lugar comum mais famoso. Tornou-se símbolo da culinária italiana no mundo inteiro. Você nunca, nunca mesmo vai encontrar esse prato por aqui. Porque simplesmente não existe. A massa, que leva manteiga e queijo parmesão, foi sim inventada por um italiano, Alfredo Di Lelio, proprietário de um restaurante em Roma, mas nunca fez sucesso aqui e muito menos transformou-se em prato tradicional.

Incluo um outro erro que acontece com frequência. Nós, brasileiros, temos verdadeira mania de acrescentar queijo ralado em massas e risotos, inclusive em pratos que levam peixe e frutos do mar.  Esse costume nosso é impensável aqui na Itália porque o queijo nunca se harmoniza com o peixe.

Na Itália, a culinária é um tipo de religião. Até mesmo os menos puritanos se sentem escandalizados quando alguém comete uma dessas gafes. E você, já aprontou alguma dessas? Quem não tiver pecado, que atire a primeira pedra!

39 comments
Previous Post
Next Post