Dicas e regras para tomar vinhos na Itália

Vir a Itália e não experimentar os inúmeros tipos de vinhos que o país oferece é um verdadeiro sacrilégio. Mas com tanta opção a gente fica meio perdido e corre o risco de não aproveitar bem a oportunidade. Com algumas dicas e regras para tomar vinhos na Itália fica mais fácil acertar. Quem me ajudou nessa foi a sommelière Jessica Marinzeck, que dá suas dicas de como explorar os vinhos italianos sem dar mancadas.

Em geral, a melhor coisa é pedir vinhos da região onde você se encontra. Não existe melhor sensação que degustar um produto na zona onde ele é produzida. Separamos algumas dúvidas comuns  sobre harmonização para ajudar todo mundo a escolher melhor os vinhos aqui na Itália. Vamos conferir as dicas da Jessica.

Jessica em ação
Jessica em ação

 

PIZZA: Afinal, vinho e pizza combinam?

pizza e vinho-001

“Vinho SUPER combina com pizza! Aliás, é um dever pedir vinho com pizza na Itália, e o melhor é pedir o vinho de cada região com a pizza local também, com certeza será uma boa harmonização”

 

FRIOS, SALAMES E EMBUTIDOS

salame italiano vinho

“No caso dos embutidos, muitos deles possuem bastante sal, então, vinhos com bons taninos podem ser uma boa aposta pra ficar na área de conforto. Mas existem sim exceções, como no caso do Lambrusco com mortadela, combinação bem comum na região da Emília-Romagna”

 

QUEIJO: E vinho branco combina com queijo?

harmonização queijo vinho italiano

“Vinho branco, na verdade, combina mais com queijo do que o vinho tinto. Por exemplo, vinhos à base da uva Riesling podem ir bem com queijo parmesão e vinhos brancos doces como um Passito de Pantelleria pode ir bem com queijos azuis, tipo o Gorgonzola.”

 

FRUTOS DO MAR: é mesmo expressamente proibido beber vinho tinto com pratos à base de frutos do mar?

harmonização fruta mar vinho

“No mundo do vinho, nada é expressamente proibido, afinal gosto não se discute. Mas em muitos casos os vinhos tintos podem criar uma desagradável sensação metálica na boca quando harmonizados com frutos do mar. Opte talvez por um vinho rosè ou no caso do salmão, um Pinot Noir pode ir bem”

Bom, agora que ficou tudo mais explicadinho, aproveite as dicas para explorar os vinho italianos, aqui na Itália ou mesmo aí no Brasil. Se tiver mais dúvidas e se interessar pelo mundo dos vinhos, a Jessica Marinzeck escreve sobre o tema no seu blog e tem ainda um canal no youtube muito legal, o Canal do Vinho.

 

 

5 comments
Previous Post
Next Post