Dicas de Budapest – parte I

Semana passada estive em Budapeste por 4 dias. Sempre quis conhecer a capital da Hungria, desde que há uns anos li o romance do Chico Buarque. Mas não tinha visto o filme e conhecia a cidade mesmo somente pela história do livro. Enfim, como Budapeste é um destino que interessa a muita gente, vou falar sobre as minhas impressões e postar algumas das fotos que fiz por lá.

 

dicas de budapeste

A cidade foi fundada em 1873 da fusão entre Buda, a parte alta, à margem direita do rio Danúbio e Peste, ao lado esquerdo. Um bom ponto de partida para conhecer a cidade é exatamente o Danúbio de onde se tem a visão de um lado do majestoso Parlamento, do outro o Castelo de Buda (Palácio Real), além das imponentes pontes que cruzam o rio.

A Igreja de Sant'Anna, na parte de Buda
A Igreja de Sant’Anna, na parte de Buda
O parlamento, certamente o edifício mais imponente da cidade
O parlamento, certamente o edifício mais imponente da cidade

Budapeste é considerada uma das cidades mais bonitas da Europa e se quando a gente escuta falar em Leste Europeu pensa em decadência e pobreza, Budapeste te faz mudar completamente de ideia. A cidade é muito limpa e segura. Pena que saindo do centro em direção à periferia, o panorama muda completamente.

 

A Chain Bridge, a mais famosa das pontes que atravessa o Danúbio

A Chain Bridge, a mais famosa das pontes que atravessa o Danúbio

A fachada de um prédio em Budapeste
A fachada de um prédio em Budapeste

A cidade tem um ótimo sistema de transporte, com metrô, tram (bondinho) e ônibus. Mas mesmo assim, a gente preferiu caminhar a pé, sabe porque? O melhor de Budapeste está em seus palácios e edifícios, muitos deles em estilo art deco.  É um pecado perder estes detalhes.

Budapeste transporte

????????????????????????????????????

Imperdíveis

Basílica de Santo Estevão (St. Stephen’s Basilica)

Fica pertinho do Parlamento e é uma das igrejas mais bonitas que eu já vi. Sério! É enorme, a maior da Hungria e conserva uma relíquia, a mão direita embalsamada do santo. É possível subir na cúpula, onde dizem ser linda a vista. Eu não fui por causa da neblina, não valia a pena.

igreja budapeste

Sinagoga

Eu nunca tinha entrado em uma Sinagoga, só visto do lado de fora. Vale muito a pena fazer o passeio guiado, pois estamos diante da maior sinagoga da Europa e a terceira maior do mundo. É incrível! Além disso, ao lado, fica o Museu Judaico, com objetos da religião, além de um percurso que mostra a exterminação da comunidade judia de Budapeste durante a guerra. Existe ainda um monumento belíssimo, uma árvore, nas suas folhas estão escritos os nomes das vítimas do holocausto.

sinagoga em budapeste

 

sinagoga budapest

árvore sinagoga budapeste

 

Os nomes das vítimas do holocausto estão gravadas nas folhas da árvore
Os nomes das vítimas do holocausto estão gravadas nas folhas da árvore

Avenida Andrássy

Eles dizem que é a Champs-Elysée de Budapeste. A avenida reúne as lojas de grife, além de cafés muito interessantes para comer um docinho e tomar um chá. Falarei dos lugares onde comi em outro post. Destaque para a Ópera, o edifício é lindo!

budapeste dicas

 

A Ópera... dizem que possui uma das melhores acústicas do mundo, além do edifício que é belíssimo
A Ópera… dizem que possui uma das melhores acústicas do mundo, além do edifício que é belíssimo

Mercado Central

Imperdível para quem como eu adora escarafunchar produtos típicos e descobrir gostosuras. O andar térreo é dedicado a frutas, verduras, carnes, especiarias (a principal é a páprica) e é frequentado basicamente pelos locais. A parte de cima é dedicada a artesanato e souvenirs, além de oferecer comidas típicas. Acho que vale a pena comprar no mercado e deixar pra lá as lojinhas da Váci Ucta.

A fachada do mercado, que fica bem em frente à Ponte da Liberdade
A fachada do mercado, que fica bem em frente à Ponte da Liberdade
A páprica para levar pra casa, a especiaria mais usada na culinária húngara
A páprica para levar pra casa, a especiaria mais usada na culinária húngara

mercado central budapeste

o que ver budapeste

 

Parece torresmo...
Parece torresmo…
Outra especialidade húngara é o foie gras. Eu não como carne, nem vou falar o que penso sobre o foie gras ...
Outra especialidade húngara é o foie gras. Eu não como carne, nem vou falar o que penso sobre o foie gras …
Olha a fila das senhorinhas húngaras fazendo a feira
Olha a fila das senhorinhas húngaras fazendo a feira
Artesanato: cores e bordados
Artesanato: cores e bordados

Leia a segunda parte com dicas de Budapeste aqui.

Dicas de onde comer e dormir em Budapeste aqui.

10 comments
Previous Post
Next Post