Curso de moda em Milão

Algumas pessoas escrevem pra gente perguntando sobre cursos de moda aqui na Itália. Para dar uma luz para quem têm vontade de estudar, aprender ou se aprimorar no setor, eu pedi uma ajuda à stylist e consultora Letícia Cazarré. A Letícia é fera e além de prestar consultoria de estilo, ela faz trabalhos incríveis para publicações brasileiras como a Glamour e é responsável pelo stylist de algumas atrizes globais. No último verão a Letícia passou uma temporada de estudos em Milão.

COMO ESCOLHER O CURSO?

A escolha parte de três coisas fundamentais: nível de conhecimento, interesse e tempo. O tempo disponível era de um mês e a Letícia resolveu fazer dois cursos com duração de 15 dias cada. A primeira opção recaiu sobre o NABA Milano (Nuova Academia di Belli Arti di Milano), onde ela cursou FASHION STYLING II, indicado para quem já tem certa experiência na área. A Letícia queria ganhar mais experiência e conteúdo em styling para continuar seu trabalho com as atrizes e também para entrar no mercado de Styling Editorial e comercial. “Eu também precisava muito entender as coisas do ponto de vista das marcas, da construção de identidade, do por quê de escolher a atriz X ou Y para vestir e principalmente, dos por quês por trás de uma campanha e de um editorial de moda”, explica.

Segundo a Letícia o curso do NABA foi bem interessante porque o conteúdo, os professores e os profissionais convidados (fotógrafos, modelos e retouchers) eram de alto nível. O único porém era que os outros alunos eram pouco experientes, mas ela aproveitou muito e fez contatos profissionais e amizades. O projeto final era um editorial de moda que entrou para o portfolio da Letícia. Ponto positivo.

O segundo curso foi FASHION MARKETING FOR PROFESSIONALS, na Domus Academya mesma escola onde Anna dello Russo fez seu mestrado. A Letícia contou que este curso é voltado para profissionais que já estão no mercado de trabalho, então o nível foi muito mais elevado em todos os aspectos. “O conteúdo era excepcional, os professores absurdos de bons e os alunos todos muito top. Então foi o curso onde mais me diverti e que mais me acrescentou em termos de formação profissional. Eles ensinam de tudo sobre marketing de moda, falam sobre as marcas de luxo, italian quality, made in France, vendas, o impacto e a evolução das novas tecnologias no mercado de moda”.  A Letícia ficou bastante impressionada com a qualidade da Domus e recomenda para todo mundo. A parte prática prevê visitas a showrooms, assessorias e lojas multimarcas e no final a apresentação de um projeto desafiador que resulta em trabalhos de alto nível.

estudar moda em milão

escolas de moda em milão
Um dos trabalhos que a Leticia realizou durante os cursos

AS VANTAGENS DE ESTUDAR MODA EM MILÃO

“A cidade respira moda, as lojas são incríveis, você pode aprender muito só de entrar em uma delas e observar os clientes, tocar nos produtos, prestar atenção no visual merchandising, enfim, tudo conspira para quem está estudando moda. As pessoas na rua se vestem de uma maneira muito estilosa, existem marcas locais e multimarcas bastante criativas como a Antonioni que valem muito a visita, enfim, eu amei Milão. Sem contar com o hábito do Aperitivi, que salva a vida dos estudantes com pouca grana! rsrsrsrsrs” (Letícia, a gente também adora os aperitivi!)
cursos de moda em milão
PRECISA SABER ITALIANO?
“Italiano não, mas inglês sim. Não precisa ter o nível mais avançado do mundo e também não precisa de uma super fluência. Mas tem que se virar bem no inglês. De preferência ter uma boa compreensão e vontade de se comunicar, mesmo que você erre algumas coisas. Aliás, não tinha ninguém nos meus dois cursos que fosse exímio comunicador em inglês. Todo mundo dava uma arranhada na hora de falar, mas todo mundo entendia o conteúdo. Então eu acho que, numa escala de zero a cinco, sua compreensão deveria ser 4 e sua fala pelo menos 3.”
Diplomas e uma bagagem cultural e profissional incrível
Diplomas e uma bagagem cultural e profissional incrível
MILÃO POR LETÍCIA
O Lago de Como onde as pessoas praticam wakeboard, corrida, etc. A água é cristalina e no calor do auge do verão milanese, passar uma tarde lá é a melhor pedida (de preferência em dia de semana).
O restaurante/bar da dupla de estilistas Dsquared2, que fica na Viale Ceresio 7, bem legal para curtir um por-do-sol em um ambiente mais sofisticado. É bom fazer reserva, ou terá que esperar cerca de 1 hora, como aconteceu com a gente!
As Termas di Milano, para relaxar à tarde, fazer uma massagem, descansar em um lugar que para nós parece estranho mas que tem tudo a ver com a história e os costumes dos italianos!
Dos museus, o que eu mais amei (disparado!) foi a Triennale di Milano, onde pude conferir quatro exposições muito boas e onde passava horas na livraria e sempre saía carregada de livros, cartelas de cor da Pantone, etc.
Letícia e o marido Juliano no Lago de Como
Letícia e o marido Juliano no Lago de Como
No bar/restaurante Dsquared2
No bar/restaurante Dsquared2

Para conhecer o trabalho e a história da Letícia, dê uma olhada no site e no Instagram. Não espere encontrar looks do dia, mas inspirações, referências e coisas muito bacanas. A Letícia além de linda e gente boa é daquelas que explora a moda nas suas nuances com muito conteúdo, cultura e informação. Grazie mille, Letícia. A gente te espera aqui na Itália!

 

 

 

2 comments
Previous Post
Next Post