A Itália nas novelas da Globo

Que uma pessoa goste ou não, todo mundo concorda que as novelas são parte da nossa cultura. Crescemos acompanhando as histórias que marcaram as gerações, cenários, bordões, cenas emocionantes, tristes, alegres, violentas, polêmicas. Muitas delas de cunho social, crítica, intrigas, outras de comédia, romance e história. Além dos personagens e trama, o cenário é um dos elementos mais marcantes da teledramaturgia. A escolha da Itália nas novelas da Globo não é à toa, afinal é um país com grande diversidade de paisagens e muito amado pelos brasileiros. Relembremos algumas delas.

Ponte dos Suspiros (1969)

Pouca gente sabe, mas já em 1969, a Globo exibia uma novela que tinha como cenário a Itália. Yoná Magalhães foi a protagonista de Ponte dos Suspiros, trama ambientada no ano de 1500, em Veneza. Inspirada no romance de Michel Zevaco, foi a primeira novela de Dias Gomes na TV. No dia de seu casamento com Leonor (Yoná Magalhães), Rolando Candiano (Carlos Alberto) é preso e jogado nas celas da prisão do Palazzo Ducale e a noiva é enganada sobre seu paradeiro. Ponte dos Suspiros teve seu horário de exibição alterado, já que Dias Gomes introduziu na trama discussões políticas.

Per Amore (1997)

Quem não se lembra das imagens em que Helena (Regina Duarte) e a filha Maria Eduarda (Gabriela Duarte) cruzam com Atílio (Antônio Fagundes) em Veneza? As primeiras cenas da novela marcaram toda a trama que gira em torno a uma mãe que engravida junto com a filha e troca os bebês na maternidade. O filho de Maria Eduarda morre e o da mãe sobrevive. Helena, com a ajuda do doutor César (Marcelo Serrado) coloca seu bebê no lugar do neto para preservar a filha. Uma história cheia de polêmicas, dramas bem no estilo Manoel Carlos. A música tema da novela Per Amore, interpretada por Zizi Possi fez um estrondoso sucesso e as cenas iniciais de Veneza ficaram marcadas durante toda a trama.

Assista aqui a cenas de Por Amor, em Veneza

Vamp (1991)

Esta novela fez um imenso sucesso principalmente entre as crianças e adolescentes da época. Eu era uma delas. A cantora Natasha, interpretada por Cláudia Ohana, vende a alma ao conde Vlad (Ney Latorraca) em troca de uma carreira de sucesso. Quando chega à cidade de Armação dos Anjos traz consigo um mistério envolvendo vampiros e a numerosa família do capitão Jonas (Reginaldo Farias). As meninas suspiravam por Fábio Assunção e Flávio Silvino. Em uma das cenas iniciais da novela, Cláudia Ohana parou a Praça São Marcos, em Veneza, dançando na frente de um Guilherme Leme atônito. Cena lendária.

Assista aqui à cena de Natasha em Veneza

Esperança (2002)

Na década de 30, Toni (Reynaldo Gianecchini) nutre um grande amor por Maria (Priscila Fantin), mas o pai da moça não aprova a relação. Toni se muda para o Brasil em busca de fortuna, mas não consegue levar Maria, que fica na Itália e casa com Martino (José Mayer). Maria descobre estar grávida de Toni e anos mais tarde também se muda para o Brasil com a família. A esta altura Toni já está casado com a bela Camille (Ana Paula Arósio). As cenas iniciais foram gravadas em Civita di Bagnoregio, um lugarejo que fica a poucos quilômetros de Roma e é conhecida como “a cidade que morre”. A Magê, do blog Milão nas Mãos esteve lá e contou tudo neste post.

Assista aqui a cenas de Esperança em Civita di Bagnoregio 

A Próxima Vítima (1995)

Os tradicionais bairros da Mooca e Bixiga, em São Paulo, além do Mercado Municipal são os principais cenários da trama, com muitos personagens descendentes de italianos. Ana (Suzana Vieira) é dona de uma cantina e amante de Marcelo (José Wilker), casado com Francesca Ferreto (Tereza Rachel) e amante também da sobrinha Isabela (Cláudia Ohana). Logo no início da novela, Marcelo e Ana partem para a Itália em lua de mel, onde passeiam pela belíssima Costa Amalfitana. Leia mais sobre a Costa Amalfitana neste post. Durante a trama, uma série de assassinatos acontece e todos procuram quem será a próxima vítima.

Assista aqui a cenas de A Próxima Vítima gravadas em Amalfi. 

Passione (2010)

Totó, interpretado por Tony Ramos, vive com a irmã Gemma (Aracy Balabanian) e os filhos em um sítio em Laurenza in Chianti. A cidade fictícia foi inspirada em algumas cidades da Toscana onde várias cenas foram gravadas. Montepulciano, Pienza, Siena, Corsano, a região de Val d’Orcia, além de Florença. Para ler sobre Pienza e outros destinos na Toscana, indico o blog Viva Toscana. Na trama, Bete Gouveia (Fernanda Montenegro) busca Totó, o filho que acreditava morto há mais de 50 anos. Depois de descobrir-se herdeiro de uma fortuna, ele se envolve com a diabólica Clara (Mariana Ximenes). A novela também tem um núcleo cômico formado por outros italianos que vivem em São Paulo.

Assista aqui a cenas de Passione, na Toscana

2 comments
Previous Post
Next Post