A beleza singela dos oratórios italianos

A tradição religiosa italiana é muito presente na paisagem e na arquitetura das cidades. Quase 88% da população se declara católica, mas somente 37% é praticante. Estatísticas a parte, fato é que os símbolos religiosos estão por toda parte e embelezam muito as cidades, daquelas bem pequeninas até àquelas maiores. Eis alguns dos oratórios e “capitelos” – como aqui são chamados aqueles pequenos templos dedicados a algum santo.

Chioggia - reparem o peixe no oratório. Chioggia é uma cidade de pescadores e certamente a proteção para andar em mar aberto é o pedido à santinha
Chioggia – reparem o peixe no oratório. Chioggia é uma cidade de pescadores e certamente a proteção para andar em mar aberto é o pedido à santinha
Arquà Petrarca
Arquà Petrarca
Valdobbiadene
Valdobbiadene

Este acima é um capitelo. O termo capitelo vem do latino “capite viarium” e se refere às pequenas construções que os antigos romanos dedicavam às divindades pagãs. Já os oratórios são encontrados geralmente nas esquinas e em paredes das casas. A maioria são nichos cavados nos muros, outros pequenas caixas de madeira. Geralmente junto do santo ou da madonna se encontram flores e adornos. Alguns oratórios possuem até afrescos.

Arquà Petrarca
Arquà Petrarca
Ferrara
Ferrara
Chioggia
Chioggia
Arquà Petrarca
Arquà Petrarca
Chioggia
Chioggia
Chioggia
Chioggia
Murano
Murano
Murano
Murano

A gente sabe que aqui na Itália tem muita coisa para se ver e dá até pra ficar tonto diante de tanta beleza, tantos monumentos e até a paisagem natural. Mas preste atenção nos detalhes, fique de olho nas esquinas, nos muros, nas paredes. Certamente você vai se deparar com a delicadeza destes oratórios.

 

10 comments
Previous Post
Next Post