5 fatos que nunca te contaram sobre Veneza

Veneza por si só é um mistério. A própria construção da cidade anexando pequenas ilhas e levantando palácios sobre um ambiente insólito já é um feito fascinante. Mas a cidade guarda em sua história fatos e curiosidades que reforçam a atmosfera misteriosa e a admiração do visitante. Listei e fatos que nunca te contaram sobre Veneza e que certamente te farão sonhar ainda mais com este destino tão sedutor.

1 – A palavra CIAO nasceu em Veneza

sophia-loren-in-canne-1959
A saudação mais usada na Itália – aqui Ciao se usa seja para dar “Oi” que para realmente “dar tchau” – vem de uma expressão tipicamente veneziana. Antigamente ao se cumprimentarem pelas calles e campi, os venezianos diziam: “s’ciavo vostro”, ou seja, vosso escravo, como quem diz “a vosso dispor”. Com o tempo, a contração da expressão derivou na palavra s’ciavo (o CI se lê chi) e depois ciao.

2- Em Veneza nasceu a primeira mulher com curso superior do mundo

fatos_sobre_veneza
Bem próximo à Ponte de Rialto, em um palácio no Canal Grande, uma placa indica a casa onde viveu Elena Lucrezia Corner Piscopia. A jovem, filha de um importante procurador e de uma mulher do povo, conseguiu o doutorado em Filosofia, em 1678, na importante universidade de Padova. Elena estudava música, matemática, teologia, astronomia e conhecia línguas como grego, latino, hebraico, francês, espanhol e italiano. Morreu aos 38 anos.

3- Foi publicado o primeiro livro de bolso da história

aldo-manuzio
Poucos sabem, mas Veneza foi um dos maiores centros europeus de tipografia. Aqui, na primeira metade do século XVI, era impressa quase a metade de todos os livros produzidos na Itália. Em 1501, Aldo Manuzio, editor, gramático e humanista, quis criar um livro com uma leitura ágil, simples e fácil de transportar, já que os livros na época eram enormes e muito pesados. Manuzio dobrou várias páginas até chegar a um formato de bolso. Foi ele também a introduzir a letra cursiva nos livros. O primeiro livro de bolso publicado foi Il Canzoniere, do poeta Francesco Petrarca.

4 – Os irmãos Lumière fizeram o primeiro filme em movimento da história do cinema

 lumiere-brothers
O primeiro registro que se tem na história do cinema é a saída dos operários de uma fábrica e a chegada de um trem em uma estação na França. As imagens foram captadas e projetadas pelos irmãos Lumière em Paris. Meses depois, em julho de 1895, os irmãos chegaram a Veneza para apresentarem seus trabalhos. Encantados com a cidade, Louis e Auguste subiram em um vaporetto e percorreram o Canal Grande com o cinematógrafo ligado. Captaram assim as primeiras imagens em movimento da história do cinema.

5 – Veneza foi a primeira nação no mundo a abolir a escravidão

o-milagre-do-escravo-tintoretto-veneza
Já no ano de 876, uma lei promulgada pelo doge Orso Partecipazio, proibia o comércio ou a troca de escravos e condenava os estrangeiros que o fizessem. Existiam escravos em Veneza, que serviam as famílias nobres, mas a troca e o comércio eram terminantemente proibidos e punidos com a mutilação, morte ou a retirada dos bens. O grande controle da República neste aspecto desencorajou e enfraqueceu o uso dos escravos pelas famílias e no final do século 16, já não existiam mais escravos na cidade.
13 comments
Previous Post
Next Post