5 atrações imperdíveis da Estrada do Prosecco, em Treviso

Entre colinas que integram a espetacular paisagem da província de Treviso, surge a Estrada do Prosecco, um percurso circular de cerca 80 km que liga as cidade de Conegliano e Valdobbiadene. Além dos vinhedos e das cores que se transformam de acordo com as estações do ano, o trajeto é repleto de história, arte e enogastronomia. Todo o percurso é muito bonito, mas separei 5 atrações imperdíveis da Estrada do Prosecco, em Treviso, para você poder explorar paisagem, arte e história.

mapa-estrada-prosecco

1 – Osteria senza Oste

osteria-senza-oste-atracoes-estrada-prosecco

Bem próximo a Valdobbiadene, na localidade chamada Cartizze, escondido entre as curvas repletas de parreiras, fica “o bar sem dono”. Um casebre rústico onde todo mundo é bem vindo e pode se servir de prosecco, salame, queijo e pão. Mas não existe um garçom e nem um balcão onde pagar a conta. Você deixa o dinheiro em uma caixa de acordo com o que você gastou. Os preços estão em uma etiqueta em cada produto. Dentro do casebre tem um violão para quem quiser se arriscar e também uma lareira para os dias de frio. Mas o espetáculo maior fica do lado de fora e é a vista estonteante das colinas. Leia mais sobre a Osteria senza oste aqui.

2) Abadia de Follina

abadia-follina-atracoes-estrada-prosecco

Saindo de Valdobbiadene, siga em direção a Follina. São cerca de 20 km de paisagens de tirar o fôlego entre cidadezinhas charmosas, videiras e construções rústicas. A principal atração da pequena Follina é a Abadia de Santa Maria, um monastério do século X realizado pela ordem cisterciense, mas de origem beneditina onde um tempo se venerava a imagem de uma nossa senhora que diziam milagrosa. Até o século XIII Abadia foi enriquecida com a doação de obras de arte e com a construção do sugestivo claustro e da basílica. Ao longo dos anos a estrutura sofreu diversas intervenções e foi muito danificada no período da I Guerra Mundial, já que diversas batalhas aconteceram no território. Hoje a Abadia é habitada pelos Servos de Maria e é considerada uma verdadeira pérola do ponto de vista artístico e arquitetônico de todo o Vêneto.

3) Cison di Valmarino

cison-di-valmarino-atracoes-estrada-prosecco

A apenas 4 km de Follina, Cison di Valmarino tem o almejado título de um dos burgos mais belos da Itália (I Borghi più belli d’Italia). Uma cidadezinha daquelas para se apreciar com calma, caminhar por suas ruas e admirar as construções antigas, as flores na janela e aquele toque que só os moradores dos vilarejos mais belos da Itália sabem conferir às suas casas. Em Cison não existem as atrações principais e imperdíveis: igrejas, museus etc. Aqui é o lugar para curtir a atmosfera, ver como vivem os locais, tomar um café, ou por que não, um prosecco sentado em um bar. Uma parada para compartilhar e admirar o ritmo lento de uma típica cidadezinha italiana. Leia mais sobre Cison di Valmarino aqui.

4) Refrontolo e o Molinetto della Croda

atracoes-estrada-prosecco-molinetto-croda

Saindo de Cison de Valmarino dirija por mais 13 km até chegar na localidade de Refrontolo, onde fica o Molinetto della Croda, um dos maiores símbolos rurais do Vêneto. O antigo moinho é inspiração para artistas de todo mundo que vêm até aqui só para retratá-lo. O moinho foi construído no século XVII e era utilizado por uma família de camponeses para produzir a farinha. A cascata d’água do rio Lierza fazia com que a engrenagem do moinho funcionasse, o que aconteceu até 1953, ano em que a última farinha foi moída. Hoje o antigo casebre virou um museu onde as pessoas podem ver os instrumentos utilizados na produção da farinha, um importante pedaço da história do homem do campo que aqui viveu. Leia mais sobre o Molinetto della Croda aqui.

5) Pieve di San Pietro di Feletto

pieve-san-pietro-atracoes-estrada-prosecco

A 5km de Refrontolo, não deixe de visitar a Pieve di San Pietro di Feletto. Pieve eram as antigas igrejas rurais que tinham anexo um batistério. Esta igreja foi erguida na localidade de San Pietro di Feletto em torno do ano 1000 e proporciona uma vista panorâmica lindíssima das colinas. Mas o que chama mais atenção são os afrescos e os pórtico medieval. Um dos afrescos mais impressionantes representa O Cristo de Domingo. Na imagem, Jesus Cristo aparece sangrando, ao lado de diversas ferramentas de trabalho. O recado é que domingo é um dia santo e não deve-se trabalhar.

Onde comer

Ao longo da Estrada do Prosecco existem diversos restaurantes, locandas, vinícolas. Alguns deles:

Agriturismo Vedova: Via dei Pianari,2/B, Valdobbiadene (TV)

Agriturismo Vignetto Vecio: Via Grave,8, Santo Stefano – Valdobbiadene (TV)

Locanda da Lino: Via Lino Toffoli,31, Solighetto – Pieve di Soligo (TV)

Perenzin Latteria: Via Cervano, 85, Bagnolo -San Pietro di Feletto (TV)

 

Vinícolas para visitar e comprar vinho diretamente do produtor

Villa Sandi: Via Erizzo, 113 B – Crocetta del Montello (TV). Leia sobre a Villa Sandi aqui.

Vignetto Vecio: Via Grave,8, Santo Stefano – Valdobbiadene (TV)

Cantine Vedova: Via dei Pianari,2/B, Valdobbiadene (TV)

Bisol Viticoltori: Via Follo, 33, Santo Stefano, Valdobbiadene (TV)

Ca’ Salina: Via Santo Stefano, 2, Santo Stefano, Valdobbiadene (TV)

Para consultar a lista de todas as vinícolas, clique aqui.

 

Procurando hotel em Veneza? Clique aqui
8 comments
Previous Post
Next Post